Empresas facilitam “lavagem” de Dinheiro

 

Alexandre Canelas esteve na União dos Escritores a falar do "branqueamento"Alexandre Canelas esteve na União dos Escritores a falar do “branqueamento”

O director nacional de Inspecção e Investigação das Actividades Económicas, Alexandre Canelas, denunciou quarta-feira, em Luanda, que existem no país empresas que foram constituídas para facilitar o branqueamento de capitais.
Alexandre Canelas, que fez a afirmação quando dissertava sobre o tema “A prevenção e combate ao branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo”, numa palestra que decorreu na União dos Escritores Angolanos, disse que as empresas mais propensas ao branqueamento de capitais no país são as do ramo imobiliário e as de construção civil.
Alexandre Canelas disse que o branqueamento de capitais ocorre através de práticas que têm por finalidade dissimular ou esconder a origem ilícita de determinados valores financeiros ou bens patrimoniais, para que tais valores ou bens aparentem uma origem lícita ou a que, pelo menos, a origem ilícita seja difícil de demonstrar ou provar. O objectivo do branqueamento de capitais, segundo o director nacional de Inspecção e Investigação das Actividades Económicas, não é o lucro, mas a dissimulação da origem ilícita dos valores.  Alexandre Canelas esclareceu que o branqueamento de capitais tem três fases: colocação, ocultação e integração.  Os autores introduzem dinheiro ilícito no sistema financeiro, através de depósitos em bancos comerciais ou da compra de imóveis – fase de colocação.
Na fase de ocultação, esses valores são transferidos sistematicamente entre contas ou entre aplicações, de modo a concentrar valores. Na terceira fase, segundo o director nacional de Inspecção e Investigação das Actividades Económicas, os valores são introduzidos na economia formal sob a forma de investimentos.
Alexandre Canelas disse que o branqueamento de capitais é um problema socioeconómico que deve preocupar todos os países e que tem atingido, nos últimos tempos, proporções que merecem cada vez mais a atenção das autoridades policiais. Por isso, frisou, alguns países decidiram combater o branqueamento de capitais em conjunto, criando instituições internacionais para acompanhar todo o movimento financeiro.

JA

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: