Incendio de grande proporção destrói supermercado em viana

O incêndio que começou por volta das três horas e quarenta minutos da madrugada desta terça-feira atingiu o hipermercado Alimenta Angola com uma área de cerca de 10 mil metros quadrados e um investimento global calculado em 12 milhões de dólares da cadeia Alimenta Angola em Luanda, localizada no quilómetro 12, município de Viana, em Luanda, segundo a gerência do estabelecimento comercial.

Para o estancamento do incendio foram mobilizados cerca de 120 elementos do corpo de bombeiros apoiados por 12 viaturas de várias unidades de Luanda.

O supermercado Alimenta Angola é tido como um dos maiores daquela zona da cidade de Luanda, vianenses e não só lamentam o sucedido e temem subidas de preços a julgar pela afluência e a procura de produtos oferecidos pelo supermercado.

O comandante provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), Tito Manuel, disse à Ecclesia que o incêndio iniciado por volta das 4h00 desta madrugada não causou vítimas humanas, mas destruiu maior parte das limitações do empreendimento, cujos prejuízos matérias são considerados avultados.

Ainda na altura da reportagem da Ecclesia a situação estava quase que controlada, estando por se apurar as causas do sinistro.

” Houve uma grande intervenção das nossas forças, no sentido de extinguir o mais rápido possível o sinistro, que alastrou rapidamente para outras dependências das instalações do supermercado”, Afirmou o comandante.

Por outro lado e apesar da falta de água que assola a capital do país nestes últimos dias não prejudicou o corpo de bombeiros na cessação do fogo, segundo Tito Manuel a ajuda veio de um tanque de água de um vizinho do estabelecimento que garantiu a facilitação o trabalho dos bombeiros.

Desta acção foram evacuadas famílias de várias residências localizadas nas imediações do empreendimento.

Bem como os brasileiros residentes no mesmo estabelecimento, que perderam os seus pertences.

Com mais de 10 mil m2, o supermercado Alimenta Angola é propriedade privada e vende todo tipo de produtos alimentares, vestuário, bens electrónicos, de higiene, informáticos, motorizadas, geradores, entre outros.

O projecto Alimenta Angola Cash and Carry teve início em 2005 e consiste na instalação de lojas – armazém preparadas para atender os pequenos e médios empresários dos mais diversos ramos de actividade, como por exemplo: hotéis, restaurantes, bares e mercearias.

Radio Ecclesia

//

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s