Ébola e as Assembleias de Deus

Ébola continua a devastar a África Ocidental, infectando e matando pessoas de todas as cores, credos e classes. Actualmente, mais de 3.500 ocidentais africanos, foram infectados, e mais de 1.900 morreram. Entre os mortos estão quatro pastores da Assembleias de Deus do distrito de Monróvia na Libéria, e vários crentes na região de Koindu na Serra Leoa.


“É com o coração pesado e lágrimas nos meus olhos que escrevo”, relata Tommy Bangura, superintendente geral das Assembleias de Deus na Serra Leoa. “Perdemos muitos membros da igreja nas áreas Koindu e Kailahun. Muitos profissionais de saúde já morreram. Reuniões públicas não são permitidas, com excepção dos lugares de culto. Impera no momento o estado de emergência. “

 As fronteiras entre a Guiné, Serra Leoa e Libéria permanecem fechados, assim como as fronteiras com o Senegal e Costa do Marfim. As principais companhias aéreas não estão efectuando voos para as áreas afectadas, e muitos países não estão permitindo a entrada de pessoas provenientes da África Ocidental. Vários líderes africanos das regiões afectadas que participaram nas Celebrações do Centenário das Assembleias de Deus dos Estados Unidos da América, estão incapacitados de regressar aos seus países por causa dos voos cancelados.

As Assembleias de Deus na Libéria, encerram todas as quatro escolas bíblicas. Na Serra Leoa uma escola está fechada, mas a Escola Bíblica Evangélica de Freetown, a capital reabriu supostamente no dia 01 de Setembro.

Há um crescente e assustadora crise alimentar nas áreas que foram colocados em quarentena por causa da doença. A Missão Mundial das Assembleias de Deus, também esta contribuindo com fundos enviados para ajudar nas áreas que lutam na Libéria, Serra Leoa e Guiné.

 “Estamos gratos pela doação fiel dos nossos contribuintes que nos permitiram responder ao clamor dos irmãos”, disse Randy Hurst, director de comunicação da Missão Mundial das Assembleias de Deus. “Nós nem precisamos apelar para contribuições e a igreja foi capaz de responder com prontidão para acudir os nossos irmãos e irmãs africanas”.

 “Estamos profundamente entristecidos com as vidas perdidas entre as nossas igrejas na África Ocidental”, acrescentou Greg Beggs, diretor regional para África da Missão Mundial. “Mas graças a Deus pelos corações compassivos e esforços diligentes de crentes que estão se chegando para ajudar a acudir o sofrimento.”

O medo de contrair e morrer de Ébola tem feito com que muitas pessoas se voltem para o Senhor. Missionários estão pedindo oração para que os crentes tenham poder para compartilhar corajosamente o salvador Jesus Cristo com aqueles que estão buscando a esperança.

Greg Mundis, director executivo da Missão Mundial das Assembleias de Deus, disse: “Estamos gratos a aqueles que deram as suas contribuições no passado para o nosso fundo de emergência e nos permitiu enviar ajuda física para os países afectados. Agora precisamos que as igrejas se juntem a nós em orações fervorosas à Deus, entregando os nossos irmãos e irmãs que estão no meio desta calamidade terrível, para que também muitas almas sejam salvas, e para que o Espírito Santo ministre aos que estão trabalhando directamente com os atingidos.”

Traduzindo do site das http://agwm.com/main-story.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s