MUDANÇAS DE PARADIGMAS (REFLEXÃO)

MUDANÇAS DE PARADIGMAS (REFLEXÃO)

Desde os tempos remotos que Deus tem instruído por meio da sua palavra e dos profetas que soluções só se tornariam efectivas em resposta a um clamor a Ele “Clama a mim” (Jeremias 33:3). Jesus Cristo, ratifica o ensino e diz que o milagre somente acontecerá “ Sé me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei” (João 14:14). Paradoxalmente, hoje, os pequenos deuses torceram o paradigma e ensinam que temos de “declarar”, “proclamar”, “determinar” a cura e os milagres. Entretanto, as suas declarações, proclamação e determinações não vão passando disso mesmo “palavras”; porque os efeitos continuam por ser vistos. Diferente de ontem em que “tendo eles orado, tremeu o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com intrepidez a palavra de Deus.” (actos 4:31).

No passado isso quando os pregadores ainda não eram deuses a igreja fazia clamores a Deus assim “concede aos teus servos que falem com toda a intrepidez a tua palavra, enquanto estendes a mão para curar e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Servo Jesus” (actos 4:29-A, 30), e como resultado de tais invocações à Deus, Ele pela sua misericórdia abria os olhos dos cegos, endireitava os pés dos paralíticos, dava voz ao mudo e audição ao surdo.

Hoje, na confeitaria anda-se de modismos em idiotismos de tal modo que temos: Congresso profético, conferencia profética, seminário profético, ministério profético, pastorado profético, bispado profético, episcopado profético, apostolado profético e por fim tem o profeta profético sendo que todos são profeticamente chamados para declara, determinar e ou fazer orações proféticas.

Assim, e como prova do endeusamento dos confeiteiro, ouvimo-los frequentemente dizer “Eu profetizo a tua vitória”, “Eu profetizo o teu casamento”, “Eu profetizo o teu emprego”, “Eu profetizo abertura do teu ventre” terminado com o chavão “pois Deus me levantou como profeta”. Só que a sempiterna palavra declara que “a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens” (II Pedro 1:21).

Plataforma apinhada “predicatore” no púlpito, emoções ao rubro ai o sujeito se viram para outros predicatores e murmuram umas palavras em seus ouvidos carimbando com “assim manda o Senhor te dizer” – Não tenho nada contra profecia mas os profetas das grandes concentrações só profetizam para os pregadores e quanto mas famoso o pregador mas profecias recebe – o povo não é de Deus só pode.

Ontem fazer missões pressupunha ir ao encontro de povos não alcançados pelo evangelho para transmiti-los as boas novas do reino, e eram missionários aquelas pessoas enviadas a estes povos. Mas, no café-convívio, “Lanchonete” ou mercearia em que se vai transformando a igreja de hoje, as palavras parecem possuírem significado diferente daqueles que conhecemos e estão em nossos dicionários. Hoje, fazer missões é andar a procurar de púlpitos para dar “shows” de eloquência teológica, impressionar, conseguir alguns trocados e promoções ao “status quo”. Para isso, basta pregar à gosto da freguesia e vender a unção profética da mensagem da prosperidade. Afinal, é missionário hoje aquele que assim se designe como tal.

O alerta da imutável é “Não removas os limites antigos que teus pais fixaram.” (Provérbios 22:28).

Normalmente as leis não retroagem salvo em casos bem especifico, mas havendo se criado uma norma revogadora (tácita ou explícita) que se provou improcedente, necessário é a criação de uma outro norma que revogue a norma revogadora e se repristine a original voltando-se assim a primeira forma.

Portanto, a igreja precisa ter coragem e voltar a primeira forma anular o anulável e remover o nulo. Isso é, “pratica as primeiras obras” (Apocalipse 2:5)

Bom apetite ao almoço

Filipe Campos Jr

Kapitololo

May 20, 2014 9:31

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s