MÚSICA – ED DA LUZ LANÇA “ABRE O OLHO”

O músico gospel Ed da Luz lançou e autografou domingo (16), em Luanda, na Assembleia de Deus Pentecostal, Ministério Ebenezer. o seu max single promocional intitulado "Abre o Olho"

MÚSICO GOSPEL, ED DA LUZ- FOTO: HENRI CELSO

O Compacto Disco com duas faixas músicas, serve de promoção ao álbum a ser lançado brevemente nesta cidade.

“Objectivo do lançamento deste Max single, para além de despertar às pessoas, através do evangelho cantado, é mostrar o meu trabalho para conseguir patrocínio e consequentemente gravar o disco”, explicou a Angop.

Ed da Luz disse que a escolha do título do disco (Abre o Olho) tem como base o evangelho de Mateus 24, que refere que nos últimos tempos se levantarão falsos profetas e enganarão a muitos até aos escolhidos.

Falando da universo gospel o músico disse “muitos músicos evocam o nome de Deus com fins pessoais, por isso a mensagem que o disco carrega alerta as pessoas para não se deixarem levar por qualquer palavra”

Músico que também é compositor a oito anos o então é membro baptizado na igreja Assembleia de Deus Pentecostal, e tem participado em vários concertos.

Fonte: http://www.angop.ao/angola/pt_pt/noticias/lazer-e-cultura/2017/3/15/Angola-Musico-Luz-lanca-Abre-Olho,566fa1ac-3e27-4465-847d-428f05e9f197.html

Anúncios

PALANCA, ANANGOLA, BAIRRO POPULAR E .

PALANCA, ANANGOLA, BAIRRO POPULAR E …

Hoje, deu-me um kibuto de saudade de alguns factos da minha curta, longa-metragem vitae que por sinal começou muito cedo…

Ainda bué kandenge, assentava com o Chiquito, nas imediações do cemitério da Santa Ana ali na estrada de Catete, para tirar a poeira aos pops dos passantes que vindos do Anangola, Bairro Popular, Palanca, Terra Nova e sei lá mais de onde achegavam-se para por em dia a vaidade antes colocarem as Inama no alacatrão.

Distante do velho e sem à atenção da velha que de madrugar saia para ilha comprar peixe que depois eram vendidos na praça das corridas no Rangel; brilhar os caifes dos kotas foi a minha primeira tentativa de salu.

Tinha apenas cinco anitos e nem sempre funcionava, os makota que se aproximavam faziam-no mais por pena de verem um pequenino, faminto, sujo e esfarrapado que mal sabia falar, ali aquelas horas do dia as porta das Jindambu com putos mais ou menos vivos.

Certa vez ao passarmos pelas bandas da FAPA-DAA, no Popula, o Chiquito, apontou para um kubico de dois pisos e disse: O teu pai mora ali naquela casa grande! Dai por diante, passei a tudo fazer para passar por aquela rua assim poderia se calhar encontrar com ele. A imagem que guardava do velho remontavam a Banza-Quitele, quando acompanhado do tio Domingos Kambambe, (Deus o tenha) me foram visitar e como presente ganhei uma linda carrinha de cor cinzenta.

Certa vez o papa veio a afim de levar-me a conhecer os meus manos do popula. Naquele dia conheci o Sem Nome (Felizardo Campos), o Jesus, a Mana (Joana Costa), a Avó (Laurentina Campos), e a Ula (Joaquina Castro), o Kwenha ainda era um bebezinho e o Manucho (Octavio Frederico), a Tânia (Tania Campos) e o Nvundo (Orlando Frederico) nem projecto se quer “aqui estou com sorriso nos lábios imaginando reacção deles”. Passei um dos momentos mais felizes da minha infância. O Sem nome, levou-me escada acima até alcançarmos um dos quartos onde ele subindo em um armário entro no tecto falso e puxou de lá uma trouxa com roupas e disse-me “isso é para você”… quando ele disse aquilo o que já era alegria se transformou em felicidades.

Nunca havia tido tanta roupa se não os pouco calções e camisolas na maioria cansados e rotos com os quais passava os dias lá no Palanca..

Naquele dia brincamos até tarde e como alguém que atravessou um deserto e encontrou um oásis no nele comi tudo que se me colocou a frente repetindo vezes que a memoria já se não lembra mais e com uma velocidade fugaz. No final do dia o papa colocou-me no seu Volkswagen Brasília de cor encarnada e levou-me de volta para casa na rua no Palanca.

Foi no Palanca ainda na minha infância que conheci o Carlos Burity, o kota que cantava Maria da bichas música que nos meus dias de menininho fazia muito sucesso e com o qual os amigos abusavam a minha velha que era peixeira na praça das corridas e voltava sempre as cambalhotas cantando os hinos do hinario metodista herança do seu falecido pai o pastor Francisco Sebastião Camindo da Banza Quitelle.

Depois daquele dia, sempre que saísse para as minhas andanças de menino arruaceiro fazia questão de passar em frente ou nas proximidades daquela casa para a distancia apreciar a vida por lá mas tomava sempre os cuidados necessários para não ser visto por ninguém…

Com o meu irmão Chiquito e os amiguinhos de infância andávamos pelo Palanca onde residíamos transpúnhamos o Anangola passando na tia Rosa Camindo e pausávamos em frente o cemitério onde permanecíamos engraxando sapatos e fazendo as nossas travessuras de crianças…

Tenho saudades desta infância passada entre Palanca, Anagola, Pupula sem esquecer do Marcelo Caetano na casa do tio Zambeze…Um dia conto o resto

19/08/2013

Angola: CICA realiza conferência sobre promoção da saúde comunitária

Luanda – O Conselho de Igrejas Cristãs em Angola (CICA) realiza em Luanda a conferência nacional sobre o papel da igreja na promoção da saúde comunitária, de 4 a 6 do corrente mês, na escola Nacional de Administração

(ENAD).

Deolinda Dorca – secretária-geral do CICA

Foto: Alberto Julião

Segundo uma nota de imprensa a que Angop teve acesso hoje (segunda-feira), a conferência visa redobrar os esforços para uma maior participação das Igrejas, no âmbito da educação para saúde nas comunidades, contribuir para o reforço do sistema nacional e redução de taxas de morbilidade e mortalidade, a promoção da saúde materno-infantil, a luta contra a malária, VIH e Sida.

A conferência contará com a presença de todas as igrejas membros e não só, parceiros nacionais e internacionais que trabalham com as diferentes congregações e tem como lema “trabalhando em parceria em prol da saúde comunitária”.

O CICA congrega 22 Igrejas reconhecidas, no âmbito da sua missão social, tem implementado projectos em parceria com o Ministério saúde (Minsa), tem outras organizações filantrópicas que possuem infra-estruturas sanitárias funcionais e não funcionais e outras com projectos comunitários de educação para saúde, e tem como secretária-geral a reverenda Deolinda Dorcas Teca.

Filipe Campos

Credit Control

Uíge: Realizada 1ª edição do festival provincial da música gospel

Uíge – Os três primeiros vencedores da primeira edição do festival provincial da música gospel nas categorias de Banda, Solo e Coro foram apurados, neste domingo, na província do Uíge.

·

·

Durante a actividade, denominada “Premio Nacional da Música Gospel”, o grupo de coristas “A Voz dos Anjos Dois” da igreja Metodista sagrou-se em primeiro lugar na categoria de Coro, com 184 votos, seguido sucessivamente pelos grupos “Jeová Jiré” da Igreja IERMA, com 164 votos, e "Sal do Mundo" da IEBA com 163 votos.

Na categoria de Banda, o grupo Peregrino da Igreja Bom Deus ocupou o primeiro lugar, com 185 votos, enquanto as bandas “Vozes Sagradas”, com 147 votos, e “Adorai”, com 135 votos, ficaram nas posições seguintes.

O músico Nino Manuel da Igreja Tocoista venceu na categoria “Solo”, tendo Júlia Viegas, de Bom Deus, e Leonilde, ocupado respectivamente o segundo e terceiro lugares.

Os três primeiros classificados de cada categoria vão representar a província do Uíge, na primeira edição do festival nacional a ser realizado em Maio de 2017, em Luanda.

Falando na cerimónia de abertura, o coordenador da organização do evento, Mendes Francisco, disse que o projecto denominado Prémio Nacional da Música Gospel (PRENMGOSPEL) visa a busca de novos valores da música cristã.

Segundo Mendes Francisco, o governo angolano e os seus parceiros têm empreendido esforços através de diversos programas que visam a inserção de jovens na vida útil, lembrando que "a ocupação dos tempos livres dos jovens é muito importante, através de desporto, música, devoção, meditação e a arte. Estas são muitas das práticas que devem ser encorajadas no seio dos jovens".

Sublinhou que é indispensável que todas as forças vivas da sociedade intervenham com "acções práticas da educação comunitária para elevar a consciência, os valores cívicos, humanitários e patrióticos e fazer de Angola um país bom, estável de cultura e valores socioculturais, espirituais e positivos".

O prémio nacional da música gospel, com periodicidade anual e promovido pela Associação Fraternidade Evangélica Alexandre Kifuati “AFEAK”, tem como objectivo a promoção de valores éticos, morais e cívicos e a edição de discos e DVD das galas finais.

Concorreram ao primeiro prémio provincial da música gospel 16 grupos, provenientes de diferentes igrejas liagadas ao CICA, AEA e CIRA.

A gala da primeira edição provincial contou igualmente com a participação dos músicos Joly Makanda e Guerra Manuel e outros músicos locais, tendo ainda sido presenciada por pastores de várias igrejas cristãs, pelo moderador do CICA, Reverendo Jacinto Henriques, e os deputados da Assembleia Nacional pelo circulo provincial, Eva Kibuba Kangudi e António Victorino

Lunda Norte: Eunice Panzo orienta palestra sobre “Gravidez Precoce

Dundo – A diaconista da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal , Eunice Panzo, apelou sexta feira, nesta cidade, à juventude a prevenir-se de gravidezes precoces.

Este fenómeno desestabiliza a família e a sociedade, disse Eunice Panzo, quando orientava uma palestra sob o tema “Gravidez Precoce”,  inserida  na agenda de trabalhos da 1ª Conferência da Igreja Assembleia de Deus da Região Leste, que decorre desde hoje até domingo.

eunice-panzo
Diaconisa Eunice Teixeira Panzo

A palestrante precisou que “uma gravidez indesejada pode provocar problemas de saúde,  psicológicos e outros à portadora e familiares, pelo que a juventude deve salvaguardar a sua adolescência, optando pelos aspectos  de carácter espiritual e social, com vista a enquadrar-se de forma harmoniosa e salutar junto das suas famílias e a sociedade”.

Eunice Panzo, que falava para mais de 100 conferencistas, considerou de fundamental o diálogo familiar, particularmente no âmbito da educação sexual, de modo a evitar-se a gravidez precoce.

A 1ª Conferência da Região Leste, que aborda questões sobre admnistração espiritual da Igreja, delinquência juvenil e registo eleitoral, é presidida pelo reverendo Troco Nunda,em  representação do reverendo nacional Manuel Panzo.

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑